NOTÍCIAS

QUE MP ESTÁ SENDO CONSTRUÍDO PARA O FUTURO?

Sexta-Feira, 13 de Maio de 2022

QUE MP ESTÁ SENDO CONSTRUÍDO PARA O FUTURO?


Qual a qualidade dos serviços que o MP pretende oferecer para o futuro?


Afastamento da paridade entre servidores do MP e Judiciário

Jornada de trabalho diferenciada do Judiciário e Defensoria Pública;

Ausência de remoções;

Promoções insuficientes;

Carga excessiva não remunerada para servidores;

Diferenças no auxílio alimentação;

Diferenças na gratificação de difícil provimento;

Diferenças na remuneração da atividade eleitoral;

Plantão não remunerado;

Tabelas salariais defasadas;

Falta de estímulo funcional;

Servidores insatisfeitos e deprimidos;


Um MP de desigualdades?


Não! Esse não é o MP que queremos para o futuro.


Estudos comprovam que o investimento na valorização profissional eleva a produtividade e a qualidade do trabalho.


Queremos um MP que preserve a qualidade de seu quadro funcional e dos serviços prestados à sociedade.


A APROJUS defende a retomada do diálogo entre a Administração do MP e as representações classistas.


São diversas reiterações de agenda, não atendidas, para discutir reinvindicações que só o Chefe da Instituição pode decidir.


É preciso que a democracia fale mais alto e que seja o norte das relações institucionais no Ministério Público.


Não estamos alheios às limitações, mas acreditamos que o orçamento deve ser investido de forma justa e igualitária.


A paridade com o poder judiciário deve ser preservada também entre os servidores.


As reivindicações dos servidores devem ser acolhidas.


As representações de classe dos servidores precisam ser ouvidas e o diálogo deve ser preservado, para o fim de encontrarmos soluções que possam contemplar a todos que trabalham na Instituição.


APROJUS - 39 anos em defesa de seus representados




voltar